quinta-feira, 21 de dezembro de 2006

Feliz Natal


Não suporto músicas de Natal, mas cantadas por esta grande senhora do Jazz a coisa muda de figura.

Espero que gostem tanto quanto eu, é que este é o único disco de Natal que se houve por aqui (quer dizer também tenho um do Kitaro que foi comprado por engano, não é mau mas fica muito looooonge desta maravilha).

Este video está no site oficial da Diana Krall www.dianakrall.com

Fiquem Bem!

domingo, 10 de dezembro de 2006

Marés

Tinha prometido que viria responder a outro desafio este fim-de-semana, mas premonitóriamente escrevi "(isto se não me aparecer outra complicação)", pois bem como já todos devem ter visto nos telejornais, o cordão dunar da Costa de Caparica esteve prestes a ceder este fim-de-semana.

Contactado pela Protecção civil, lá arranquei de Pick-up com os meus camaradas da Associação de Comandos, a cada maré cheia lá estavamos de olhos postos nas dunas e no mar e com o coração nas mãos.

Foi por um triz que a duna não cedeu e se por agora está seguro, daqui a 2 semanas se com as marés vivas vier levante, aí tenho muitas dúvidas que aguentem.

O relato dos acontecimentos é retirado de http://comandos-almada.blogspot.com.

"A Operação Dunas foi iniciada imediatamente ao contacto do Coordenador da Protecção Civil de Almada e na tarde de Sexta-feira foi imediatamente deslocada para o local 1 viatura com 3 camaradas de modo a estabelecer uma acção de vigilância ao avanço do mar. Passada a preia-mar ficou definido um novo rendez-vous às 3:30 da manhã para acompanhar a preia-mar da noite, tendo no Sábado sido convocados 7 camaradas e 3 viaturas que se desdobraram entre vigilância e sensibilização dos curiosos no sentido de não se colocarem em situação de risco.

Esta acção foi de uma maneira geral bem aceite se bem que aqui e ali com episódios de alguma animosidade tendo mesmo chegado ao ponto de ser necessário a intervenção das forças da ordem. Incrivelmente as pessoas por puro voyeurismo não hesitam em colocar a sua vida em risco, mesmo sabendo que em caso de acidente alguém mais terá de se arriscar para os ir salvar insistem que têm cuidado e que nada irá acontecer.


Felizmente nada aconteceu e tudo terminou em bem, pelo menos até às 9:00 da manhã de Domingo, hora em que fomos desmobilizados. As dunas aguentaram o avanço do mar tão sómente por ter diminuido a intensidade da ondulação, pois durante a madrugada de Sábado chegou a temer-se que elas cedessem durante essa maré, e não houve qualquer acidente a lamentar.


No entanto ficou bem patente que urge definir o estatuto do serviço voluntário, nomeadamente concedendo maior autoridade aos intervenientes, de resto a coordenação e articulação das equipas de voluntários da Associação e a Protecção Civil, Bombeiros e Autoridades foi, para dizer o mínimo, eficaz. Cabe-nos agradecer a todos os intervenientes e garantir que a resposta a toda e qualquer solicitação da Protecção Civil terá como resposta: MAMA SUME!

Fiquem Bem!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2006

Desafios

Recebi já 3 desafios, mas o tempo e o cansaço têm me impedido de vir cá postar.

O 1º já tem uma largas semanas foi da Bluedeep. Aos outros 2 (que na realidade é só 1) prometo responder este fim-de-semana (isto se não me aparecer outra complicação).

Aqui vão 6 características minhas:

1º Sou teimoso, teimoso que nem uma mula. Quando encasco qualquer coisa na cabeça vou até ao fim, nem que venha lá o pai da moça.

2º Sou preguiçoso, quer dizer tenho uma grande inércia. Se estou parado é difícil arrancar, agora quando me levanto e arregaço as mangas levo tudo no bico. A minha mulher costuma dizer: Levantou-se o preguiçoso e deu fogo à estopa.

3º Mudo muito rapidamente de humor, já me chamaram de bi-polar e maníaco-depressivo (imaginem quem, tem uma aliança igual à minha e é psicóloga).

4º Não cuido da minha imagem, estou farto de levar na cabeça por andar sempre numa boa, sempre na brincadeira e não ter um ar mais profissional. Continuo a marrar que não é pela garrafa que se escolhe um vinho mas sim pelo conteúdo dela (cá está a teimosia).

5º Tenho a mania de ser diferente, passo a vida à procura de caminhos desconhecidos, sempre à procura de outras alternativas. Odeio ser mais um. EU SOU EU. não gosto que me confundam no meio de uma multidão.

6º Nunca alinho em correntes, esta foi uma excepção. OK! pronto a próxima também, mas olhem que vai ser a última (a não ser que apareça outra engraçada).

Agora as 6 vítimas.

Como tenho a mania de ser diferente e não gosto de correntes, nomeio-te vitima.

Sim! Tu mesmo que estás a ler este post, só se aceitam desculpas de quem já foi vitima de outros convites.

Hoje levei todo o dia com esta música na cabeça. Queria dedicá-la a ti que tens um sonho mas estás neste momento a viver um pesadelo. Nunca te esqueças que é o sonho que comanda a vida e que és tu que tens de lutar por ele se queres viver. E, sobretudo, nunca afastes o AMOR do teu coração!

Can you feel a little love?

Fiquem Bem!


segunda-feira, 20 de novembro de 2006

The Brightest Side Of The Moon



Bate no Céu e escuta o som!
Ditado Zen


Mais um post sacado do Baú do "Dark Side of the Moon". Este talvez o mais emblemático pois foi daqui que veio o nome e a inspiração para entrar na blogosfera.

Estavamos no dia 2 de Julho de 2005, não me lembro que horas eram, aliás não me lembro de nada antes disso, apenas me lembro de ver 4 senhores de cabelos brancos num palco começarem a tocar os primeiros acordes de "Breathe"... deixar-me cair no sofá... e chorar, as lágrimas correram-me a fio pela cara, fiquei ali, sem qualquer reacção a ouvi-los e a vê-los... seguiu-se "Money", continuei a chorar... todos os pelos do meu corpo estavam eriçados... nesse instante só existia eu e a televisão no mundo... "Wish You Were Here" eu também gostava de estar lá, ou eles cá, a teleportação não existe, é uma ficção, senão tinha acontecido naquele momento... "Confortably Numb" já estava sentado, senão teria caído... esperem não se vão embora... voltem... voltem por favor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Obrigado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Obrigado por terem existido. Obrigado por terem escrito, tocado e gravado os mais fantásticos sons alguma vez emitidos nesta bola azul. Obrigado por se terem juntado de novo, por terem tocado aquelas 4 músicas. Por me terem feito reviver a adolescência.

Pink Floyd o mundo sem vocês não seria o mesmo e a lua não teria um dark side!

Cliquem no Video vão ver que vale a pena, apesar do som não estar sincronizado com a imagem.

Encontramo-nos no Lado Escuro da Lua!
**** Depois de ter lido o comentário "anónimo" achei importante acrescentar mais qualquer coisa. Para já quando iniciei este blog prometi que de vez em quando iria republicar posts dos meus anteriores blogs, este inseria-se nesse promessa até porque, como disse no inicio, foi o mais emblemático.
A vida é sempre em frente mas o passado estará lá sempre, é ele que nos forma, que nos educa, que nos inspira, é no passado que temos as nossas referencias e é nele que procuramos concelhos para as decisões que aqui e ali temos de tomar.
Não devemos viver fixados no passado, mas nunca o devemos rejeitar, temos de aceitar e conviver com tudo o que de bom e de mau nele aconteceu. Os PINK FLOYD foram um dos marcos mais brilhantes e marcantes da minha vida, malditos e proscritos pelos pais, tinham de ser apreciados às escondidas, proibidos na escola (especialmente depois do THE WALL) eram uma forma de libertação, um grito de revolta contra um sistema que nos oprimia, e ainda hoje oprime.
Nenhum grupo marcou de forma tão intensa uma geração como os PINK, os Beatles forma muito mais populares, os Queen juntavam muldidões, os U2 são os mais bem sucedidos da história da música, mas nenhum deles foi tão fracturante em termos ideológicos, nenhum deles fez estremecer nenhum regime, nenhum deles sacudiu as consciencias como estes 4 "gajos".
A sensação que hoje ainda tenho e aquilo que senti ao assitir em directo a este concerto é tão poderosa que estou aqui a ouvir de novo o concerto e a escrever com as lágrimas nos olhos.
Não me interpretem como um saudosista, para mim uma das mais poderosas frases que já ouvi pertence a sua santidade o Dalai Lama "Há apenas 2 dias num ano em que nada se pode fazer, um chama-se ontem e o outro amanhã, é portanto hoje que deves viver, AMAR, trabalhar". Mas nós somos o passado, se se tirar o passado a alguém, ele pura e simplesmente nada será, da mesma forma que se não pensarmos no futuro perdemos o gosto para vivermos o presente.
Voltei a pôr o concerto no início...
"Breathe" triste de quem vive como o coelho
Run Rabbit run
dig that hole
forget the sun
When at last the work is done
don´t sit down
it's time to dig another one
Esta música marcou-me de tal forma que hoje cada vez que entro numa rotina, martela-me na cabeça, não quero ser como o coelho, não quero viver para trabalhar, quero viver, ser eu mesmo eu mesmo, viver a minha vida segundo a minha consciencia. Encher o peito de ar, apreciar todos os segundos da vida, os bons e os maus. Esta vida é única, tal como um rio nunca é possível tomar banho 2 vezes na mesma água, temos de aproveitar e vivê-la intensamente, sermos felizes e promover a felicidade dos outros, tentarmos mudar qualquer coisa, por muito insignificante que seja, para melhor. Resistir às injustiças contra nós e contra os outros. VIVER.
"Money" o mal! Uma das piores invenções da humanidade, por ele se mata e se morre, por ele engana-se o próximo, qual religião, qual vício. Acumular riqueza até ao dia da morte e não viver a vida. Para quê? Juntar dinheiro para poder usufruir da vida, mas depois tornamo-nos escravos dele, já não somos capazes de viver obcecados em ter mais e mais, até que um dia tudo acaba e nós não chegamos a viver. Toda a sociedade está para isso orientada, pois quem não o tem precisa de trabalhar arduamente para ganhá-lo senão não sobrevive.
"Wish you are here" celebra um sentimento muito profundo, quem me dera que todas as pessoas que me marcaram a vida pudessem estar aqui neste momento, para falarmos sobre as experiencias que partilhamos, e quem sabe revivê-las. Quem me dera que podesse ter ao meu lado todos aqueles que AMEI e AMO. Porque é que a vida nos coloca perante nós pessoas que acabamos por AMAR profundamente e depois as retira inexorávelmente. Porquê que não podemos viver toda a vida ao lado de todos os que AMAMOS. Tenho saudades de todos, até daqueles que hoje compartilham a minha vida. Gostava que a Lina ainda estivesse entre nós, foi a minha primeira namorada e morreu recentemente com cancro, gostava que o meu pai também aqui estivesse, sem ele tenho-me sentido algo desamparado, nunca mais tornei a ver a minha primeira paixão a Paula já lá vão tantos anos. Qualquer que seja o espaço de tempo que estou afastado do meu GRANDE AMOR parece-me uma eternidade, conto os minutos que faltam para afagar o cabelo da minha filhota.
"Confortably Numb" confortávelmente adormecida está esta sociedade, luto todos os dias para não ficar dormente, anestesiado por uma sociedade de consumo. Luto para não aceitar sem questionar os dogmas que nos tentam impor, luto para melhorar este mundo, para deixar um futuro de esperança para a minha filha, para merecer o AMOR de todos aqueles que me AMAM, para não ter sido apenas mais um que por aqui passou e que se limitou a deixar-se empurrar pela corrente, sem nunca questionar para onde ia.
Deixei-me levar pela música e fui escrevendo os sentimentos despretados por ela a cada instante, não procurei coerencia, nem transmitir nada, não pensei muito, pelo menos tentei não conduzir deliberadamente o pensamento, apenas me deixei conduzir pela música e divaguei. Escrevi às camadas quando a música acabava saltava para o paragrafo seguinte, quando o concerto chegava ao fim voltava ao primeiro e recomeçava o processo.
Espero que consiga transmitir aquilo que cada música me faz sentir e que, naturalmente, gostem.
Fiquem Bem!

terça-feira, 14 de novembro de 2006

Star Wars Lisboa 2006

Foi hoje!!!!

Já lá fui com a minha filhota, claro que estou a falar do Star Wars Lisboa 2006.

A impressão com que fiquei é que de facto é uma excelente exposição, deixa um sabor a pouco, apesar de depois de ter lido o post do FZ que me baixou as expectativas. Talvez por isso não me senti defraudado, o sabor a pouco deve-se a que o Universo Star Wars é tão vasto e tão antigo que ficamos sempre à espera de mais.

Destaque para vários Pod-races em tamanho real, em especial para o de Anakin, e para o caça de Naboo, também em tamanho real. Também de referir as roupas da Rainha Amidála, de tropas do império e de vários Jedis, e uma série de maquetes que foram utilizadas nos filmes.

Fiquei com uma impressionante colecção de fotos (91) muitas delas com muito má qualidade pois esqueci-me de levar uma camera a sério e tive de tirá-las com o telemóvel.

Do lado negativo ficou a avaria no DVD que impediu de fazermos o célebre filme dentro do filme e que a loja continua muito fraquinha, não tem nenhuma literatura, nenhum material multimédia, as naves e outras peças ou eram briquedos que se podem comprar em qualquer sítio ou então peças de colecção caríssimas, excepção a umas canecas com a cabeça de algumas personagens e as T-shirts.

Mas está já combinada nova visita à exposição daqui a umas semanas.


Fiquem Bem! E que a força esteja convosco!

segunda-feira, 6 de novembro de 2006

AMOR DA MINHA VIDA

Peço desculpas a todos os outros mas este post é totalmente dedicado ao AMOR da minha vida.

Sem AMOR não vale a pena viver e quando AMAMOS alguém do fundo do coração não devemos ter medo de o mostrar a toda a gente.

AMEM e sejam felizes!

domingo, 5 de novembro de 2006

Pink Floyd-Time

Muitas vezes vamos deixando o tempo passar esperando que algo aconteça.
Temos de ser nós a viver, não ficar à espera que a vida passe por nós, inexoravelmente.
Pois quando finalmente algo acontece pode ser tarde demais.
Fiquem Bem!

Eu sou aquilo que faço (Sexta-feira, Abril 14, 2006)


Podia ir a caminho de outras terras, podia ir partir para sempre, podia ir só para Cacilhas, ali ao lado, podia estar num barco, ou noutra ponte, ou simplesmente em terra. Podia tudo e tudo podia, mas nada queria, apenas ali estar contemplar, absorver, cheirar, ouvir, sentir.
Não queria Euromilhões, nem Totolotos, apenas ver o sol a cair, ficando vermelho, de vergonha?
Quem me dera ser uma gaivota, para por ali planar todo o dia, sentindo o vento nas penas, cheirando o mar e a maresia.
Quem me dera mergulhar naquela lingua amarela e segui-la até ao sol.
Quem me dera ser eu ali olhando o sol se pondo, que disparate era eu ali olhando o sol se pondo!
Afinal posso ser livre e contemplar aquilo que de mais belo a natureza tem para nos dar. Não preciso de ser outro, não preciso de mudar, basta querer e fazer!

Fiquem Bem!

quarta-feira, 1 de novembro de 2006

Conversas com o Mar I (Sexta-feira, Abril 21, 2006)



Estou em Sagres, o vento sopra forte – como de costume por estas bandas – e trás calor, um ameno calor de verão. O mar é um amigo, por vezes cruel, por vezes doce, mas sempre pronto para nos escutar e dar os seus conselhos.


Não sabiam? O mar dá-nos conselhos, a maior parte das pessoas não os ouve, mas ele fala connosco, umas vezes suavemente, outras colérico, às vezes chega a ralhar. Experimentem a sentar-se na areia à sua beira, esperem em silêncio e vão ver que ele começa a falar convosco.


Uma vez contou-me que lá bem no fundo ele tem sereias, que são as mais belas criaturas do Universo, mas que elas estão magoadas com os Homens porque eles não ouvem o mar nem a elas. E tu? - Perguntei – Não ficas aborrecido dos Homens não te ouvirem? Ele riu-se, com aquelas gargalhadas que só ele consegue dar, e perguntou-me – E tu meu tonto? Não és tu um Homem? Não estás por acaso aqui a ouvir-me? - Voltou a rir-se cavernosamente, e acrescentou – Há mais marés do que marinheiros, nunca ouviste? Assim, eu já cá estava antes de vocês chegarem e cá vou continuar depois de vocês partirem, por poucos de vocês que me ouçam é bem melhor do que quando não havia ninguém para me ouvir.


Fiquei triste, imaginando como era solitária a vida do mar, ele pousou-me um dos seus braços em cima de mim e exclamou – Anda brincar, a tua vida são 2 dias, tens de aproveitá-la, eu às vezes tenho pena de vocês, vivem a correr de um lado para o outro e a trabalhar e não têm tempo para brincar. Olha eu já era adulto quando vi a humanidade nascer e não passa um dia que não brinque, se não for aqui contigo, brinco na Califórnia com os leões-marinhos, senão no Brasil com os golfinhos. Olha! Um dia apresento-te às sereias, vais ver como são bonitas e danadas para a brincadeira, tens é que continuar a ser um brincalhão, senão elas nem te querem ver.

Fiquem Bem!

domingo, 15 de outubro de 2006

Herois

Meus Amigos, já faltava um video deste monstro sagrado da música.

Aproveito para o dedicar a todos os que com abnegação dão o melhor de si para o bem de todos - os Voluntários - com uma atenção especial aos que lutam para preservar a natureza.


Todos podemos ser herois nem que seja por um só dia. Lutem pelos vossos ideais, não cruzem os braços!





Fiquem Bem!

O Rascasso

Teste.

Quantos rascassos conseguem encontrar nas fotos abaixo?

Como após 6 dias ninguém descobriu, Eu dou uma ajuda. São 4. A pergunta é qual a foto que não tem um destes simpáticos peixinhos?























Fiquem Bem!

terça-feira, 10 de outubro de 2006

Voluntarismo

Este Verão fui um dos voluntários que participou na Operação Floresta Segura - Floresta Verde, da Câmara Municipal de Almada. Um projecto no qual participaram para além da Delegação de Almada da Associação de Comandos (da qual faço parte), os clubes Agreste 4x4, Caparica TT, Attalaia Clube, CIMO e os escuteiros. Esta operação, que já se realiza à 3 anos, tem como objectivo a prevenção de comportamentos de risco e a vigilância das florestas, durante os fins-de-semana (altura em que a pressão é superior).
O balanço foi francamente positivo pois apesar de termos sido o concelho do distrito de Setúbal com maior numero de ignições fomos também aquele com menor área ardida. Mais um exemplo em como o voluntarismo pode fazer a diferença.
Aqui estão alguns bonecos realizados ao longo do ano, destaque para o último dia onde se reuniram todas as equipas para um animado convívio.


O retrato de família dos "guerreiros". Um enorme aplauso a todos, pela camaradagem, abnegação e Espírito de entre ajuda.



Aqui temos um exemplo do que é uma hora de ponta :-)))



Às vezes as coisas aqueciam um pouco e víamo-nos em situações menos compostas!

Uma das alturas em que todos os braços, pás e guinchos eram necessários!

Esta é a imagem do campo de "batalha" uma imensa zona verde que é fundamental preservar.


Nem sempre tivemos sucesso na prevenção, valendo então a pronta detecção e combate.


Fiquem Bem!


Há músicas que às vezes marcam o que mais importante aconteceu no dia, esta marcou o meu.



segunda-feira, 9 de outubro de 2006

Mudanças 2

Hoje mudei para a nova versão do Blogger. Não sei se haverá diferenças visíveis.


Para já vou vos deixar um post do meu antigo Blog. OK tive dar dar uma achega, a foto é diferente da original.


Terça-feira, Março 21, 2006


O pinhal pinta um quadro de tons verdes subjacentes ao azul celestial polvilhado com o amarelo do pólen.
O sussurro do vento nas agulhas dos pinheiros e o ribombar das ondas fazem a percussão ao cantar das aves compondo uma opera escrita pelas mãos das divindades.
O odor da resina mistura-se com nuances da brisa marinha, preenchendo as nossas narinas com um aroma único.
Sente-se o sabor do sal e do pinho, inebriando-nos a alma.
A sensação de calor na pele e da areia nos pés descalços, completa o quadro primaveril que (re)começa hoje e que nos alegrará a alma. Todas as estações são bonitas, cada uma tem os seus atractivos estes são os da Primavera.

Fiquem Bem!

sexta-feira, 29 de setembro de 2006

Mudanças...

Existem alturas na vida em que é preciso cerrar os dentes, respirar fundo e romper com a vida que temos, com a pessoa que somos, engolir os nossos sentimentos, ultrapassar o medo e partir noutra direcção, por muita dor que traga. Por muito sofrimento que cause às vezes temos de tentar tornar-nos insensiveis à dor e partir noutra direcção.

A vida é assim, não podemos ter tudo o que queremos, muitas vezes é preciso escolher aquele caminho que não queriamos, às vezes é preciso renunciarmos aos nossos sonhos para evitar um sofrimento maior.

Sinto-me dentro de uma maquina de lavar roupa, às voltas sem um ponto em que me agarrar. Tudo está fluido e em mudança e eu não sei onde nem quando voltarei a ter estabilidade.

Estabilidade é disso que neste momento mais preciso, é isso que tenho de lutar para conseguir. Não estou só tenho a minha mulher e a minha filha, elas também precisam que eu me estabilize e por elas ando a lutar, por elas vou abandonar os meus sonhos e regressar à realidade.

Tenho sido um mau marido e um mau pai, tenho sido egoista, as circunstâncias levaram-me a fechar-me numa concha, mas chegou a altura de abri-la.

Deixo-vos uma nova música, de um dos melhores músicos do sec. XX.

(podem sempre ouvir as outras, parando esta e colocando a que quiserem a tocar)

Fiquem Bem!



sábado, 9 de setembro de 2006

Ponta da Passagem 2

Mais um mergulho, andava a sentir-me um peixe fora de água, desde as férias que não dava um mergulhito. Já está, ainda não tomei um banho para tirar o (pouco) sal do corpo, ainda cheiro a neoprene.

Para a semana é o projecto AWARE de limpeza do fundo do mar, tenho 2 convites um para Sesimbra outro para a Nazaré. Estou inclinado para Sesimbra pois nunca mergulhei na Nazaré.

Deixo aqui as 5 melhores fotos do dia, que não foi à altura do meu 1º mergulho neste sítio, esse sim verdadeiramente fabuloso.

Sinto-me outro, mas tenho de ir tomar um banhito. I'll be Back!



Este rapaz é um Cloquet (Gaidopsarus vulgaris) vi-o já no fim do mergulho quando o ar começava a rarear.

Mais uma vez mergulhei na Ponta da Passagem com o Fernando.

Foram vários os cardumes de Sargos (Diplodus annularis) que avistei

E aqui é um sargo veado que não estava minimamente preocupado com aqule ser estranho que fazia bolhas.

Para finalizar deixei este belo nudibranquio (Glossodoris gracilis)



Entretanto... Fiquem Bem!

segunda-feira, 28 de agosto de 2006

5º e 6º Mergulhos das férias



























E assim terminaram uma férias debaixo d' água. Agora vai começar o curso de Rescue.



Fiquem Bem!

terça-feira, 22 de agosto de 2006

3º e 4º Mergulhos das Férias

Dia 09/08/2006

Devido à forte corrente que se fazia sentir tivemos de fazer 2 mergulhos menos profundos assim fomos até à praia do Camilo e em seguida para a do Pinhão. A visibilidade é que teimava em não melhorar mas a temperatura era já de 21º C (também ajudou os mergulhos serem acima dos 10 m).



O fundo estava coberto de anémonas, sem me aperceber fiquei com as luvas cheias de raios delas e ao coçar a cara após ter sido picado por uma (ao deitar-me para fotografar uma safio) arranjei uma infecção que apenas me passou muitos dias depois.



Devido à baixa profundidade as fotos ganharam este brilho, parecendo mais terem sido feitas num aquário.



Este Caboz veio espreitar à janela intrigado com aqueles seres estranhos que largavam imensas bolhas de ar.



Camarões da rocha



Um tímido caranguejo



Aquele corpo cinzento que se vê por trás do espirógrafo é de um safio...



...que partinha o esconderijo com outro caranguejo



Um polvo bem entricheirado



Um choco em fuga



Aqui temos um espirógrafo vermelho, nunca tinha visto um assim.

Fiquem Bem!

segunda-feira, 21 de agosto de 2006

1º e 2º Mergulhos das Férias






06/08/2006 Primeiros mergulhos das férias.
O mar apesar de calmo tinha 6 m de visibilidade, a temperatura da água de 16º C.
Encontramos vários covos um com um safio e outro com um polvo, vejam de descobrem o rascasso da 3ª foto, o safio foi solto e lá vai ele em fuga. Na última foto é uma macro de um nudibrânquio, de facto era menor do que um dedo mínimo.

Fiquem Bem!

quinta-feira, 17 de agosto de 2006

Saudades





Ainda hoje saí de lá e já estou cheio de saudades!

Lagos é a cidade mais bonita do país e uma das mais belas do mundo!

A calma e paz que me transmite é inigualavel, contemplar aquela baía, as límpidas águas do Atlântico, as formações rochosas, sentir o vento acariciar-nos a face, inspirar o cheiro a maresia que a invade, passear pela noite coberta de estrelas... Podia ficar aqui o resto da noite a escrever que não chegava ao fim dos prazeres que aquela bela terra me proporciona.

Cliquem nas fotos e abram-nas em full screen e digam-me se há terra mais linda.

Fiquem bem!